Rádio Verônica Itaqui
Publicidade
Publicidade
Nossa Localizacao
Itaqui - Rio Grande do Sul - Brasil/
Idosos são vitimas de golpista da moto vermelha
14/03/2018

Um homem de estatura baixa e porte médio foi denunciado por pelo menos cinco pessoas na manhã de ontem, que contaram terem sido lesadas financeiramente. Segundo elas, o homem se aproxima de pessoas idosas, e indaga sobre a aposentadoria.
 
Para as que já são aposentadas, ele sugere uma revisão no cadastro, já para as que não têm o benefício, ele promete uma rápida ação e a liberação dos valores em poucos dias.
 
 
Entre os relatos, está o de uma senhora de 70 anos. Ela diz ter sido abordada pelo homem da moto vermelha, em frente a sua casa, na Vila Hípica. Ele perguntou se a vítima era aposentada tendo ela respondido que sim, mas que tinha uma filha que necessitava se aposentar. O homem então pediu para a senhora um copo de água e posteriormente para ir ao banheiro.
 
Prometeu que encaminharia a aposentadoria da filha da senhora e que voltaria no dia seguinte com documentos para serem assinados e foi embora. Posteriormente, a senhora constatou que havia desaparecido da sua bolsa, a carteira contendo R$ 200.
 
Os documentos foram encontrados por ela no jardim que fica em frente a casa.
 
 
Em outro caso, um senhor foi abordado em via pública por um sujeito com as mesmas características, que relatou ser funcionário de advogados e que estaria agindo em defesa da aposentadoria de pessoas carentes. O golpista acompanhou a vítima até a sua casa e lá pediu para ir ao banheiro.
 
 
Da mesma forma que aplicou o golpe no primeiro caso, ele aproveitou a distração da vítima para mexer em sua carteira, de onde furtou todo o dinheiro nela existente.
 
 
Em mais um de seus ataques, o homem da moto vermelha aproximou-se de uma terceira vítima no posto central de saúde, perguntando se a mesma era aposentada. A vítima disse que não, pois não tinha idade para receber o benefício, então ele passou a fazer inúmeras promessas e disse que com uma pequena quantia de R$ 250, ele agilizaria a aposentadoria.
 
 
Foi marcada data para a entrega dos valores e no dia acertado ele foi receber a quantia, prometendo que seriam dados os devidos encaminhamentos e ele retornaria em 10 dias, o que não ocorreu.
 
 
De acordo com o delegado Ênio Tassi, as situações relatadas pelas vítimas ao Diário da Fronteira configuram dois tipos de crime, ou seja, o de furto e o de estelionato. "O ato de entrar na casa da vítima e surrupiar um objeto e valores sem que ela veja, qualifica o crime como furto. Já a proposta de aposentadoria mediante ao pagamento de valores é considerado estelionato.
 
Ambos os crimes geram prisão sem fiança", disse o delegado. 
Fonte: Rádio Verônica Itaqui
"O MELHOR POP ROCK HITS!"
09:00 as 12:00
Publicidade
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
Rua Davi Canabarro - Itaqui - Rio Grande do Sul - Brasil/
Ligue agora
(55) 9917-3051
Horário de atendimento
09:00 AS 18:00 HS